top of page
CASA VILA REAL













reabilitação e ampliação de habitação unifamiliar, adega e piscina
maqueta
maqueta

estudo prévio

press to zoom
a casa
a casa

pré-existência

press to zoom
a adega
a adega

pré-existência

press to zoom

O projeto de Reconstrução e ampliação proposto diz respeito a um terreno com uma área generosa, localizado numa zona mista entre baixa densidade urbana e zonas naturais (floresta, cultivo, vinhas).

No terreno deparámo-nos com duas pré-existências em alvenaria de granito natural. A primeira seria uma edificação de dois pisos, onde no piso 0 seria possivelmente destinada a adega ou animais; e o segundo piso destinado a habitação.  A habitação encontra-se nobremente erguida, com pedra bem trabalhada e ainda em bom estado de conservação. O acesso ao piso superior realiza-se atualmente por uma massiva escadaria exterior lateral em pedra. No interior do piso superior apenas encontrámos algumas divisórias em tabique e uma laje de piso em madeira, ambas já completamente degradadas pelo tempo e chuva que eventualmente entra pelos vãos e telhas partidas presentes. Existe ainda, voltada a sul, uma estreita varanda que percorre toda a fachada principal (a qual pretendemos manter).

Para além da habitação, existe também um pequeno edifício em ruínas, igualmente em alvenaria de granito natural, mas com pedra menos trabalhada. Propõe-se que esta ruína seja reconstruída e utilizada como anexo – arrumos e apoio à atividade agrícola que os donos de obra pretendem ter, fazendo usufruto do seu amplo terreno. O seu telhado em duas águas deverá ser reposto o mais fiel possível ao que poria ser o original – telha canudo. Contudo, para incotirmos ao anexo algum traço dos seus tempos de reforma, propomos que a sua fachada de acesso principal, voltada a poente - inteiramente para o “miolo” do terreno, seja realizada em vidro duplo e caixilharia com corte térmico.

A nível de arranjos exteriores, apresentamos várias zonas propostas. A zona de entrada pedonal e acesso principal ao terreno, alinhada pela frente da habitação. Paralela à zona pedonal, separada por um murete em granito, definimos uma larga zona de estacionamento privativo exterior, pavimentada em cubo de granito assente em terreno natural. A partir da zona de estacionamento definimos um percurso interno que facilitasse o acesso a eventuais alfaias que sejam necessárias para o trabalho agrícola na zona do terreno que será cultivada. Para além deste acesso, criamos também um acesso alternativo/secundário para zona de estar, social e de lazer da habitação, incluindo a plataforma da piscina exterior. Todos estes percursos e acesso pretendem ser o menos intrusivos possível no terreno natural, deixando o máximo possível de terreno possível sem intervenção e projetado para ser cuidado a nível de flora.

a entrada
a entrada
press to zoom
a ampliação
a ampliação
press to zoom
a piscina
a piscina
press to zoom
a adega
a adega
press to zoom

No edifício principal, como já foi referido, pretendemos reabilitar as paredes exteriores em alvenaria de granito, bem como todos os vãos e varanda. O telhado, pelo seu estado pouco salúbre, deverá ser refeito na totalidade, mantendo todas as características, inclinação e materiais do pré-existente. É por esta parte da habitação que é realizada a entrada principal na habitação, apresentada por um hall de acesso a diferentes áreas da casa, como sejam: casa de banho de serviço, lavandaria e arrumos, escadas interiores para o piso superior da pré-existência, escadas interiores para o acesso à zona ampliada (construção nova). O piso superior da pré-existência pretende ser destinado a duas suites.

 

 

Quando percorremos o edifício e atravessamos as escadas interiores para a zona de construção nova, deparamo-nos com um amplo open space que engloba a sala de jantar e a sala de estar (divididas apenas por uma lareira), ambas voltadas ao pano envidraçado que compõe a fachada nascente, voltada à piscina. Como que “oculto” na parede limite interior da sala, desenha-se a entrada para mais um quarto da habitação, dotado de closet e casa de banho privativa. Ao fundo desta parede acedemos à cozinha, separada do open space por portas de correr de vidro que permitem encerrar ou abrir totalmente os espaços. A cozinha tem acesso direto ao alpendre coberto exterior, sendo também dotada de uma janela a poente, criando mais um ponto de iluminação e ventilação natural direta.

planta de cobertura
planta de cobertura
press to zoom
planta piso superior
planta piso superior
press to zoom
planta rés-do-chão
planta rés-do-chão
press to zoom
bottom of page