MORADIA 
BAGUIM DO MONTE

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

      Situado no loteamento de Lugar de Entrecancelas, o lote 23 apresenta uma desafogada vista sobre a cidade do Porto. Inserido num conjunto habitacional de habitações unifamiliares geminadas modernas ou em fase de construção, o desafio era projetar uma habitação que se enquadrasse neste contexto. 

           Seguindo os alinhamentos, cérceas e áreas pré-estabelecidas pelo alvará de loteamento, o nosso projeto define-se numa habitação unifamiliar v4 de três frentes, dois pisos, com um amplo jardim e anexo ao fundo do terreno.

 

            Pretendia-se que a volumetria, cores e materiais exteriores fossem dispostos harmoniosa-mente para com eles próprios, bem como para com o loteamento de casas contemporâneas que vai sendo erigido ao longo do arruamento. Vagueamos assim entre dois tons apenas, o branco e o castanho – que está presente em todas as caixilharias e pontuais revestimentos exteriores de fachada. Também no interior procuramos manter a coesão, onde todo o pavimento, à exceção das casas de banho das suites, será em madeira.

            A entrada na casa realiza-se através de um átrio exterior coberto que acolhe e protege a chegada à habitação. A parede de entrada é composta um generoso envidraçado a poente, iluminando os espaços de distribuição interiores (correr de distribuição do rés-do-chão, garrafeira, escadas de acesso ao piso superior, corredor de acesso aos quartos).

 

 

 

 

          O hall de entrada é o espaço que organiza e distribui as diferentes zonas da casa (zona privada, zona social), dando acesso direto às escadas de ligação ao piso 1, bem como às funções dispostas no piso 0. No percurso entre o hall de entrada e a zona social define-se um apainelado que oculta um armário de apoio ao hall de entrada, uma suite, a casa de banho de serviço e um armário de arrumação para a cozinha.

            As escadas deveriam ser um ponto de conexão entre os pisos, sendo traçadas o mais aberto possível, deixando livre um espaço central de pé-direito duplo. A parte inferior das escadas é destinada a albergar um espaço de garrafeira encerrada por uma caixa de vidro.

              Um amplo open space exposto a nascente, para o jardim das traseiras define toda a zona social – sala de estar, sala de jantar e cozinha. A cozinha separa-se e interliga-se da restante área comum por uma generosa ilha central em mármore preto. Tem acesso direto ao exterior por uma porta de vidro voltada a sul, que permite ao espaço social ter iluminação direta grande parte do dia. Entre o jardim e o interior da habitação define-se uma zona intermédia de estar exterior (deck), prolongando a zona de convívio para o exterior. Ao fundo, define-se um anexo de apoio à habitação, que contempla uma garagem para dois carros e a lavandaria.

               No piso superior as três suites organizam-se a partir de um hall de distribuição iluminado por um vão envidraçado a poente, que dá acesso a uma varanda exterior por cima do átrio de entrada. A suite central define-se como quarto principal da habitação, tendo a zona de dormir acesso direto a uma varanda voltada a poente, um generoso closet e casa de banho.